AMOR SEM A VERDADE NÃO É AMOR DE VERDADE! A VERDADE É A BASE DO AMOR!

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Papa Francisco exalta “Nossa Senhora” e diz: "Jesus Cristo... o fracasso da cruz"!

Papa Francisco exalta “Nossa Senhora” e diz: "Jesus Cristo... o fracasso da cruz"!

Papa Francisco exalta “Nossa Senhora” e diz: "Jesus Cristo... o fracasso da cruz"!


E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples.
Romanos 16:17 e 18

            É lógico que o termo “DOUTRINA” referida no texto, acima, pelo apóstolo Paulo não se refere a dogma de “tradição religiosa”, mas à Palavra de Deus, que é uma só: A BÍBLIA.

            Muitos falsos profetas têm surgido, no mundo, intitulados de “cristãos”, afirmando fazerem a “obra de Deus”.

            O Senhor Jesus Cristo alertou a respeito deles:

Mateus 7:
15 Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
...
21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
23 E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.

Mateus 24:
24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.

            A Palavra de Deus também alerta a respeito dos anticristos, do dragão (satanás – Apoc. 20:2), da besta e do falso profeta:

I João 2:
18 Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora.

Apocalipse 16:
13 E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta vi sair três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
14 Porque são espíritos de demônios, que fazem prodígios; os quais vão ao encontro dos reis da terra e de todo o mundo, para os congregar para a batalha, naquele grande dia do Deus Todo-Poderoso.

            Não bastasse as “aberturas” concedidas pelo chefe maior do catolicismo romano, Jorge Mario Bergoglio, ducentésimo sexagésimo sexto papa e chefe do Estado do Vaticano, PAPA FRANCISCO, agora deixou escapar mais uma de suas “crenças” diabólicas.

            De acordo com a ACI DIGITAL (AGÊNCIA CATÓLICA DE INFORMAÇÕES), em homilia proferida na oração das Vésperas com os sacerdotes, religiosas e religiosos, na Catedral de St. Patrick, em Manhattan - Nova York‎, o papa Francisco deixou escapar algumas heresias que repercutiram no mundo todo.

Leia, abaixo, a transcrição de algumas partes da homilia. O texto completo pode ser lido no site da ACI DIGITAL - AGÊNCIA CATÓLICA DE INFORMAÇÕES, acessando o link abaixo:

TEXTO: Homilia do Papa Francisco nas Vésperas com sacerdotes e religiosas em Nova Iorque

NOVA IORQUE, 24 Set. 15 / 08:56 pm (ACI).- Após chegar à cidade de Nova Iorque, penúltima parada na sua viagem aos Estados Unidos, o Papa Francisco pronunciou uma homilia na oração das Vésperas com os sacerdotes, religiosas e religiosos de Nova Iorque na Catedral de São Patrício. Antes da homilia o Pontífice deu seus pêsames aos muçulmanos pela tragédia na Balance na Arábia Saudita onde faleceram mais de 700 pessoas.”

Sobre a ACI DIGITAL - AGÊNCIA CATÓLICA DE INFORMAÇÕES – que publicou a homilia do papa Francisco, acima:

Início » Recursos

Quem somos?

Conheça-nos
ACI Digital é o serviço de notícias em Português do grupo ACI, encabeçado pela agência ACI Prensa. ACI Prensa foi originalmente fundada com o nome de Agência Católica de Informações (ACI) e seu escritório central se encontra em Lima, no Peru, onde é reconhecida juridicamente como uma associação educativa sem fins lucrativos vinculada à Igreja Católica.
ACI Prensa foi fundada em 13 de março de 1980 pelo missionário comboniano alemão Adalberto María Mohn (+1987), quem estabeleceu um diretório composto por leigos católicos e em 1987 nomeou como seu diretor o Sr. Alejandro Bermúdez Rosell. O Sr. Bermúdez é Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade de Lima (Peru) e é atualmente o diretor da agência ACI Prensa.
O projeto ACI Digital teve início em 1997 oferecendo aos leitores lusófonos as notícias do site www.aciprensa.com traduzidas ao Português através da sua página web e do newsletter enviado por e-mail aos leitores inscritos.
==========================================================
==========================================================

ANÁLISE DE TRECHOS DA HOMILIA


1 - Papa Francisco falou sobre os pecados (escândalos) cometidos pelos padres...:

“...sofrestes muito num passado não distante suportando a vergonha por causa de muitos irmãos que feriram e escandalizaram a Igreja nos seus filhos mais indefesos...”


2 - Papa Francisco falou sobre o FRACASSO do trabalho CATÓLICO, naquela região, e proferiu uma INDIGESTA HERESIA:


“...A cruz mostra-nos uma maneira diferente de medir o sucesso: a nós cabe-nos semear, e Deus vê os frutos do nosso trabalho. E se, às vezes, os nossos esforços e o nosso trabalho parecem gorar-se e não dar fruto, estamos a trilhar a mesma via de Jesus Cristo; a sua vida, humanamente falando, acabou com um fracasso: o fracasso da cruz.”

       O problema na afirmação, acima, do papa Francisco, não diz respeito ao fracasso do trabalho católico em Nova York, mas em ele ter comparado o FRACASSO CATÓLICO, de uma forma herética e torcida, à morte do Senhor Jesus Cristo na cruz, intitulando-o de “O FRACASSO DA CRUZ”. Isto, além de ser inaceitável é, na verdade, a demonstração inconteste do DESCONHECIMENTO TOTAL da finalidade DIVINA/ESPIRITUAL e HUMANA do SACRIFÍCIO do Senhor Jesus Cristo.


3 - Papa Francisco estimulou a MARIOLATRIA, exaltando à “Nossa Senhora” CATÓLICA:


“Queridos irmãos e irmãs, em breve cantaremos o Magnificat. Coloquemos nas mãos de Nossa Senhora a obra que nos foi confiada; unamo-nos a Ela agradecendo ao Senhor pelas grandes coisas que fez e pelas grandes coisas que continuará a fazer em nós e em todos aqueles que temos o privilégio de servir.”

            Não foi novidade, o papa Francisco ter depreciado o Senhor Jesus Cristo, como um FRACASSADO, na cruz, e exaltado a “Nossa Senhora” CATÓLICA, orientando os CATÓLICOS a louvarem o seu “nome”, colocar a “obra” nas mãos da efígie e unirem-se a “Ela”.

            Só não enxerga quem não quer ver!

           Essa não foi a única vez que o papa Francisco deixou escapar suas crenças diabólicas. Segundo o blog de notícias Brasil News, o papa Francisco, em outra ocasião, destilou a seguinte heresia: "Não há fogo no inferno, Adão e Eva não são reais”.
Leia no link a seguir:

            É só pesquisarmos na internet para encontrarmos diversos outros sites, confiáveis, divulgando o rol de heresias de Jorge Mario Bergoglio, papa Francisco.

O texto da homilia do papa Francisco, em alguns parágrafos aparenta condescendência, por outro lado esconde, em suas entrelinhas, heresias destruidoras contra o Senhor Jesus Cristo e estímulo à idolatria.

            Não é de hoje que satanás e seus servos, com amor fingido em palavras “suaves e lisonjas”, e aparentemente condescendentes, logram êxito em suas artimanhas mesquinhas de perdição, externando encobertamente seus venenos heréticos.

O diabo utilizou, e ainda utiliza, até, a Palavra de Deus, torcendo o que está escrito a fim de atingir seus malditos objetivos:

Leia os textos:

Gênesis 3:
1 ORA, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o SENHOR Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?
2 E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
3 Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.  

Mateus 4:
1 ENTÃO foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
2 E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome;
3 E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães.
4 Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus.
5 Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo,
6 E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra.
7 Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus.
8 Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles.
9 E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.
10 Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás.
11 Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam.  

            Um demônio utilizava sua serva, adivinhadora, com palavras fingidas de elogio a Paulo, a fim conquistar sua amizade, reconhecendo sua nulidade diante da causa de Deus. O apóstolo Paulo, cheio do Espírito Santo, rejeitou o fingimento do espírito maligno e o expulsou da adivinhadora. Os patrões religiosos da mulher, usados pelo diabo, não gostaram do que Paulo fez (ter expulsado o demônio) porque viram o fim da esperança do seu “lucro”.

Leia o texto:

Atos 16:
16 E aconteceu que, indo nós à oração, nos saiu ao encontro uma jovem, que tinha espírito de adivinhação, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores.
17 Esta, seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens, que nos anunciam o caminho da salvação, são servos do Deus Altíssimo.
18 E isto fez ela por muitos dias. Mas Paulo, perturbado, voltou-se e disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, te mando que saias dela. E na mesma hora saiu.
19 E, vendo seus senhores que a esperança do seu lucro estava perdida, prenderam Paulo e Silas, e os levaram à praça, à presença dos magistrados.
           
            O apóstolo Paulo não aceitava elogios nem amizades de religiosos, utilizados por demônios, que tinham a única finalidade de enganar as almas sedentas, que precisam da salvação, em prol de seus interesses mesquinhos.

            Judas Iscariotes, com intento de roubar a bolsa, demonstrou falso amor aos pobres:

João 12:
1 FOI, pois, Jesus seis dias antes da páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos.
2 Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele.
3 Então Maria, tomando um arrátel de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento.
4 Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse:
5 Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres?
6 Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava.

            Da mesma forma procedem os falsos profetas. Têm o intento de viverem em delícias, até em palácios, andando em tapetes vermelhos, em meio a muito tesouro, sendo reverenciados/adorados, como “deuses”.

Não é à toa que a igreja católica pertence ao Estado do Vaticano. Os valores financeiros dos dízimos, carnês, missas (7.º dia, 30.º, anuais, avulsas), batismos, casamentos, crismas, extremas-unções, amuletos, imagens, “doações”, etc. são a garantia da “sobrevivência” do clero. Os depósitos também são feitos no Banco do Vaticano que, há pouco tempo, foi noticiado no mundo inteiro um grande escândalo financeiro. Por outro lado, os fiéis católicos que aprenderam a rogar aos “santos”, vendidos em imagens esculpidas, as bênçãos de chuva, que nunca vêm, não são lembrados por essa milionária organização. Detentora de muitas terras em lugares tomados pela extrema pobreza, não são capazes de doá-las aos verdadeiramente necessitados. A tudo isso Deus julgará.

Eu já pertenci à essa organização fundada pelo imperador romano Constantino Magno, no Concílio de Nicéia, no ano 325 d.C., intitulada de Igreja Católica Romana. Extremamente praticante, aprendi a odiar os crentes, pessoas, e não a doutrinas. Na verdade foi isto que o império católico romano fez durante toda a Idade Média, torturando e assassinado mais de oitenta milhões de pessoas, pelo simples fato de não aceitarem seus “dogmas” anti-bíblicos.

Leia, abaixo, sobre as riquezas do PAPA:


OS INTANGÍVEIS BILHÕES DO PAPA

      Além de sócia dos maiores trustes mundiais, a Igreja Católica, que detém o maior número de lingotes de ouro e depósitos nos maiores bancos do mundo,  também dispõe das chamadas riquezas intangíveis, invisíveis e  espirituais, à sua disposição.
Ela é a maior proprietária mundial de construções históricas, arquitetônicas e artísticas do mundo, avaliadas em bilhões de dólares, ou mesmo não passíveis de avaliação em moeda corrente, sendo que o número dessas construções se eleva a centenas e até milhares no mundo inteiro. Quem poderia comprar a Catedral de Florência, ou de Pizza, ou a Basílica de São Marcos em Veneza, ou a  de S. Paulo Fora dos Muros, a de S. Pedro, a de Sta. Maria Maior e a de S. João Laterano, em Roma? E essa Igreja ainda exige a posse de qualquer ilha ou terra que for descoberta! O Papa, como Governante Supremo, é o dono desses bilhões!
E as obras de arte? Considerando que uma simples obra de Leonardo da Vinci vale no mínimo 3 milhões de dólares, conforme  registro da Imprensa Italiana, e a Igreja Católica tem milhares de obras de todos os maiores artistas do mundo,  a quanto  montaria o valor total dessas obras de arte? A bilhões de dólares, sem dúvida.
E as esculturas gregas e romanas espalhadas pelas  praças, museus e infindáveis galerias do Vaticano, todas antigas e feitas por artistas famosos? E os manuscritos que se elevam a milhares. Em 1972 só um manuscrito de Gutemberg atingiu 3 milhões de dólares... Imaginem a quantos bilhões chegariam os milhares que ela possui?
Todas as construções e obras de arte da Igreja Católica, vão se valorizando a cada ano, por se tronarem mais antigas e, portanto, mais preciosas. E o que dizer das centenas de cálices e ostensórios de ouro, das coroas dos “santos”, de ouro e pedras preciosas, que vão desde as Catedrais famosas da Itália até as pequenas igrejas do interior do Brasil? Elas valem alguns milhões de dólares, talvez até bilhões.
Os santuários onde apareceram as Virgens de Lourdes, Fátima, Guadalupe, e outros. A Basílica da Aparecida e tantas dezenas de outros santuários espalhados pelo mundo rendem bilhões anualmente à Igreja Católica. Cada vez que há uma peregrinação em massa a um desses santuários o lucro da igreja se eleva a pelo menos 200 milhões de dólares.  A venda de medalhas milagrosas, indulgências, quadros, fotos do Papa, etc., são outra fonte milionária de renda para a Igreja Católica.
      E os padres ainda têm a coragem de dizer que agora estão pedindo o dízimo, porque as igrejas protestantes o fazem. As doações de fiéis remediados e ricos à Igreja Católica tornou-se tão comum, que na “Monita” dos Jesuítas é um voto obrigatório exigir tal coisa nos confessionários. Quem não atender logo é ameaçado de ir para o inferno pelo padre confessor.
Se os Católicos são obrigados a ir à missa todo domingo, sob pena de pecado mortal, imaginem quanto se arrecada nos cofres da Igreja, em cada missa. Se apenas 500 milhões de Católicos fossem à missa domingueira (e são quase 1 bilhão no mundo inteiro), e desse cada um apenas 20 centavos, o valor total dessas ofertas chegaria a 1 bilhão de dólares anualmente. E quem vai dar só 20 centavos? Mesmo no Brasil, onde o povo é considerado pobre, ninguém dá menos de 1 Real. E nos Estados Unidos dar menos de 1 dólar é impossível!
E a “Medalha de Pedro”, ou “Vintem de Pedro”, que os pobres Católicos nem sabem que existe e, contudo, vivem dando dinheiro para cobrir? Instituída em início do Ano 1.000, quanto já rendeu para o Vaticano? E, contudo, continua ainda hoje em vigor.    A receita dessa “Medalha de Pedro” chega a mais de 1 bilhão anualmente, tanto que existe o tal fundo “Cor Unun” para administrá-lo. Quem quiser ir somando de bilhão em bilhão, poderá ver como a “santa madre” vai enchendo o papo...
E as “Primícias  Católicas” em vigor em muitas nações? É verdade que elas ficam nas dioceses, enriquecendo os bispos, mas no final, quando estes morrem, o dinheiro não vai para a “santa madre”? É porisso que os padres não podem casar... Para não constituir herdeiros e o dinheiro que eles arrecadam ficar para o Vaticano. Os padres são os funcionários de alta cultura mais mal pagos do mundo. E nem têm o direito de constituir família, a fim de não passar a sua herança para a “santa madre”.  É assim que a “santa madre” faz a sua opção. Não pelos pobres, mas para tornar os países e as pessoas mais pobres. Todos os países explorados por ela são realmente pobres. Quando se tornam protestantes, logo enriquecem. Vamos ver se os brasileiros descobrem a verdade, se entregando  a Jesus Cristo, e  deixando de alimentar esse POLVO RELIGIOSO, que é a “santa madre”. Quando o Brasil se tornar um país realmente evangélico, vai ser o maior país do mundo! O que falta aos brasileiros é o conhecimento das lorotas dessa Igreja, e  o que sobra  é  a boa fé dessa gente boa e ingênua! Tão ingênua, que ainda fica dando dinheiro para o Papa!
A maior fonte de renda do Vaticano ainda é o Purgatório. Milhares de missas são celebradas diariamente no mundo inteiro para retirar as almas do Purgatório. Quem crê na existência desse lugar mitológico vai enchendo cada vez mais os cofres da “santa madre”, mandando celebrar missas na intenção dos seus entes queridos já falecidos. Gente, o Purgatório não existe.  É mais uma lorota!!!
Quando o famoso Cardeal Marty sugeriu que se vendessem alguns móveis do Palácio do Arcebispo de Paris para mitigar a fome dos pobres, o Vaticano ficou furioso. A tal “opção pelo pobres” é a maior lorota de todos os tempos. Os papas sempre ridicularizam qualquer Cardeal que fala no assunto. Mesmo quando o Arcebispo do Recife sugeriu que se vendessem alguns bens da Igreja para dar aos pobres, a fim de que a riqueza imensa da “santa madre” não continuasse tão ostensiva, devendo ser este “um gesto simbólico”, os prelados de Roma deram logo o contra. Quem quiser ver o Papa furioso, pratique o que ele prega na TV.
A população em Roma sempre zomba dos “bons propósitos do Vaticano”. Tanto que quando as limusines milionárias dos Cardeais transitam toda hora entre a cidade de Roma e o Vaticano, com a placa “S.C.V.”, que significa “Stato Citta Vaticano”, o povo vai logo traduzindo para “Se Christo vedesse”, isto é, “se Cristo visse...” Sempre que o Cardeal Spellman  dos Estados Unidos ia a Roma, tinha por obrigação levar pelo menos 1 milhão de dólares em doações para o Papa. Agora “Sua Santidade” já vem buscar direto, muitos milhões, aqui no Brasil, hem? Quantas horas de vôo ele já tem em 18 anos? Até os muçulmanos já se convenceram da aparição de Fátima!
É o cúmulo o Governo Brasileiro financiar  com milhões de Reais a vinda do Papa ao Brasil. Tanta gente morrendo de fome, principalmente crianças no Nordeste, e o povo sendo espoliado para dar dinheiro ao HOMEM MAIS RICO DO MUNDO! Sim, como Chefe Supremo da Igreja Católica, ele é realmente o cidadão mais rico deste planeta. Nem toda a renda do povo do Primeiro Mundo poderia ser comparada à da “santa madre”. Ela possui a maior riqueza do planeta e o seu chefe, visitando os pobres países do Terceiro Mundo, ainda se acha no direito de espoliar o povo faminto e sofrido para aumentar os seus bilhões, trilhões, quatriliões de dólares... E todos dizendo: “Amém!”

Dados colhidos no livro
The Vatican Billions”, de Avro Manhattan
Publicado em 24/09/97 no “O Diário”.


            Historicamente, os religiosos de plantão, detentores dos títulos de “Santos Padres” (papas), “Sumos Pontífices, “bispos”, “padres”, etc., têm deslizado grandemente, envolvidos em torturas, assassinatos, crueldades, práticas sexuais espúrias e em invenções de ideologias pragmáticas destoantes das Escrituras Sagradas. Não conseguem aceitar as Sagradas Letras e envolvem seus fiéis em dogmas diabólicos e crenças que os induzem às chamas eternas.

            Clique nos links, abaixo, e conheçam um pouco das histórias desses homens pecadores que se auto-intitulam “Santos Padres”, etc.:




            Nem mesmo os sinceros fiéis católicos praticantes aceitam, nem aprovam, certas decisões e heresias desses homens.

            Clique no link, abaixo, e leia o que o senhor Dilson Kutscher (católico) escreveu em seu site “www.rainhamaria.com.br”:


            Outros, no intento de defenderem aqueles que têm como “Santos Padres” (PAPAS), por não acreditarem que seja possível um “homem de Deus” ter falado tais heresias conscientemente, modificam até as palavras pronunciadas pelo Papa Francisco, na homilia, dando outra conotação ao que não pode ser alterado. O reconhecimento do erro é o melhor caminho para a demonstração verdadeira de humildade e desejo de alguém começar a acertar.

            De qualquer forma, é perceptível que os “papas” se abstenham da espontaneidade em público para não incorrerem na possibilidade de tropeçarem em suas próprias palavras. Como são homens públicos, qualquer deslize em palavras ou atos pode resultar em êxodo religioso. Por isto, preferem trazer os sermões e homilias previamente escritos. Talvez o papa Francisco tenha arriscado falar espontaneamente aos ouvintes. Será?!

       Por suas próprias palavras, o papa Francisco evidenciou, o que todos em bom senso já sabem, que o catolicismo romano ensina uma “salvação” dependente de boas obras, missas, purgatórios, velas, rezas, hóstias, "santos", escapulários, terços, rosários, “Nossas Senhoras”, etc., e não pelo Senhor e Único Salvador Jesus Cristo (João 14:6).

           Na verdade, o Senhor Jesus Cristo não “fracassou na cruz”, como afirmou o papa Francisco em seu completo desconhecimento bíblico e fé depositada unicamente nas tradições católicas.

O sacrifício do Senhor Jesus Cristo, na cruz, foi planejado por Deus, espontâneo e providencial.

            O Senhor Jesus Cristo morreu na cruz, não por "fracasso", mas, por SUCESSO, ÊXITO, TRIUNFO...VITÓRIA! Já estava nos seus planos eternos vir a este mundo como homem, ser entregue aos malfeitores, ser crucificado e ressuscitar ao terceiro dia. O seu plano junto com o Pai, desde a eternidade passada, foi cumprido, completamente, com a sua morte na cruz, sua ressurreição em carne e ossos e a salvação eterna a todo o que creu na promessa que se cumpriria, creu na promessa que estava se cumprido e creu na promessa que se cumpriu.

Lucas 9:
22 Dizendo: É necessário que o Filho do homem padeça muitas coisas, e seja rejeitado dos anciãos e dos escribas, e seja morto, e ressuscite ao terceiro dia.

I Pedro 1:
18 Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
19 Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,
20 O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós;
21 E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;
22 Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;
23 Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre.
24 Porque Toda a carne é como a erva, E toda a glória do homem como a flor da erva. Secou-se a erva, e caiu a sua flor;
25 Mas a palavra do SENHOR permanece para sempre. E esta é a palavra que entre vós foi evangelizada.
João 10:
17 Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la.
18 Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar, e poder para tornar a tomá-la. Este mandamento recebi de meu Pai.

Com o SUCESSO, ÊXITO, TRIUNFO, GLÓRIA...VITÓRIA da morte do Senhor Jesus Cristo, na cruz, Ele venceu o inferno, satanás, todos os demônios, o pecado do homem e a morte eterna. VITORIOSO, com sua morte na cruz, deseja dar a VITÓRIA ETERNA (VIDA ETERNA) a todo o se arrepende verdadeiramente dos pecados e CRÊ só NELE como Único Salvador e Senhor (João 14:6; Atos 3:19). O Senhor Jesus Cristo pagou, por sua própria vontade e amor DIVINO/ESPIRITUAL e HUMANO (João 3:16; João 10:17 e 18; Lucas 22:19; Mateus 26:42; Hebreus 10:9), com o seu SANGUE (I João 1:7), na cruz, todos os pecados dos homens. O Senhor Jesus Cristo, ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos (Lucas 24:39), completando, assim, o seu plano eterno com o Pai.

Lucas 9:
22 Dizendo: É necessário que o Filho do homem padeça muitas coisas, e seja rejeitado dos anciãos e dos escribas, e seja morto, e ressuscite ao terceiro dia.

DIVINAMENTE / ESPIRITUALMENTE e HUMANAMENTE, o Senhor Jesus Cristo TRIUNFOU com a sua morte física, na cruz, e sua ressurreição humana, em carne e ossos!

         Teria sido "FRACASSO" se Ele não tivesse conseguido cumprir seu plano eterno junto com o Pai: De morrer na cruz e ressuscitar para salvar o homem da condenação eterna do fogo do inferno.

Lucas 19:
10 Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido. 

Colossenses 2:
12 Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dentre os mortos.
13 E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,
14 Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
15 E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

Sem a VITORIOSA MORTE, NA CRUZ, do Senhor Jesus Cristo, nenhum homem, fracassado pelos pecados (Romanos 3:10 e 23; Romanos 5:12; Salmos 51:5), poderia entrar no céu.

Com a vitoriosa morte do Senhor Jesus Cristo, na cruz, vemos, claramente, que não foi um "fracasso", como afirma o papa Francisco em sua homilia, mas SUCESSO, ÊXITO, TRIUNFO, GLÓRIA...VITÓRIA ETERNA dEle, e por Ele, para os que creem somente nEle como Único Salvador, Único Senhor, Único Medidor, Único Advogado, Único Caminho, Única Verdade, Única VIDA ETERNA, Único Rei. Só ao Senhor Jesus Cristo devem ser prestadas todas as honras, glórias e louvores para sempre!

Maria não tem culpa da enorme idolatria ensinada pelo catolicismo romana relativa a ela. O título inventado pelo catolicismo romano à Maria, de “Nossa Senhora”, não encontramos em texto algum de bíblia nenhuma no mundo inteiro.

As imagens religiosas esculpidas, do catolicismo romano, têm dado muito lucro, de diversas formas, ao clero.

Na homilia, o papa Francisco depreciou a morte do Senhor Jesus cristo, na cruz, chamando de “o fracasso da cruz”, e estimulou os religiosos católicos a adorarem a “Nossa Senhora”.

Maria, que foi mãe de Jesus aqui na terra, jamais aceitaria esse espécie de atitude diabólica. Graças a Deus, Maria não tem mais contato algum com esta terra podre, cheia de pecados.

O catolicismo romano estimula seus fiéis a buscarem os “santos” mortos. Isto é invocação a espíritos.

Leia, abaixo, o que Deus diz a respeito do que acontece com quem morre e a invocação aos mortos:

Hebreus 9:
27 E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo,
28 Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.

Deuteronômio 18:
9 Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações.
10 Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro;
11 Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos;
12 Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti.
13 Perfeito serás, como o SENHOR teu Deus.
14 Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o SENHOR teu Deus não permitiu tal coisa.     

Maria não é “deusa”, nem pertence a DIVINDADE. Deus é: PAI, FILHO e ESPÍRITO SANTO. Maria, ou “Nossa Senhora”, NÃO ESTÁ INCLUÍDA NA DIVINDADE.

O “PAI NOSSO” é dirigido ao PAI, nunca à Maria ou “Nossa Senhora” alguma.

O catolicismo romano inventou mais de mil nomes diferentes para imagens de esculturas somente das “Nossas Senhoras”. Todas com nomes diferentes. Quanto mais imagens esculpidas religiosas MAIS $$$. Cada ano, os papas “beatificam” e “canonizam” mais “santos”. Afora as “Nossas Senhoras”, campeãs em vendas de imagens, há centenas de outros “santos” inventados pelo catolicismo romano. A indústria de imagens religiosas é muito rentável ($$$) aos cofres eclesiásticos.

Em Bíblia alguma há rezas a qualquer que seja o santo inventado pelo catolicismo romano.

Antes da oração modelo do “Pai Nosso”, o Senhor Jesus Cristo ordenou que não o repetíssemos:

Mateus 6:
7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.
8 Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.
9 Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome;
10 Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
11 O pão nosso de cada dia nos dá hoje;
12 E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;
13 E não nos induzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.
14 Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;
15 Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas.

Portanto, prezado leitor, não concordo com a homilia do PAPA FRANCISCO, exaltando a “Nossa Senhora” católica e afirmando que a morte do Senhor Jesus Cristo, na cruz, foi um fracasso.


I João 1:
7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.

Só o sangue do Senhor Jesus Cristo pode purificar o pecador, VERDADEIRAMENTE arrependido, de todo o pecado (I João 1:7). O mesmo Jesus ressuscitou, EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte, e voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como ÚNICO CAMINHO, ÚNICA VERDADE, ÚNICA VIDA ETERNA (João 14:6).

Sou SALVO PARA SEMPRE unicamente PELO SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS (JESUS CRISTO). Tenho a certeza ABSOLUTA que sou SALVO APENAS PELA GRAÇA DE DEUS e VOU (COM CERTEZA) MORAR NO CÉU!

Tito 3:
5 não em virtude de obras de justiça que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo,

Efésios 2:
8 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus;
9 não vem das obras, para que ninguém se glorie.

Se alguém quiser acreditar ou não, não mudará o fato da EXISTÊNCIA DO INFERNO ETERNO DE FOGO. A Bíblia está cheia de textos que falam sobre o inferno eterno de fogo. Muitos que não criam, estão crendo tarde demais. Não seja um dos tais que apostaram nos “eus achos” e em doutrinas diabólicas e se arrependeram tarde demais.

Deus não leva em conta os "conhecimentos" e "habilidades" terrenas, nem trata o homem de acordo com os bens que possui, mas EXIGE que TODOS, EM TODO LUGAR, SE ARREPENDAM (Atos 17:30).

Lucas 12:15
E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.

Cada um deve reconhecer que é um pecador perdido (Romanos 3:23) e, por isto, arrepender-se dos seus pecados; crê que o Senhor Jesus Cristo pagou todos os pecados de cada um de nós com o sangue dEle (I João 1:7) porque não podemos, de forma alguma, pagar um só pecado; crê que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e converter-se a Ele; não a uma religião, mas ao Senhor Jesus Cristo, recebendo-o como Único e Todo-Suficiente Salvador (João 14:6).

Fique, agora, a sós com Deus... Não exija nada dEle; pois, quem somos para exigirmos algo de Deus? Com toda humildade no seu coração ESVAZIE-SE DE TUDO O QUE APRENDEU... Sinta que você é (o que todo homem é): PÓ! Diga a Deus que você não merece nem falar com Ele, quanto mais OUVIR A SUA VOZ. Agora, arrependido por ser mais um PECADOR (como todos o são), peça MISERICÓRDIA A DEUS e CREIA QUE o SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO É o ÚNICO PAGAMENTO POR TODOS OS TEUS PECADOS (I JOÃO 1:7). Não precisas ouvir som algum, mas necessitas sentir, em teu coração, que Deus está pronto a te ouvir! Creia, sem dúvida alguma, que o Senhor Jesus Cristo RESSUSCITOU EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39)... Romanos 10:9 e 10.

Esvazie-se deste mundo e de tudo o que te prende (amarra) a ele e sinta a sua inutilidade para salvar a sua alma... Creia, no seu coração, que JESUS CRISTO é o ÚNICO (João 14:6) que PODE, PELA SUA INFINITA GRAÇA, AMOR e MISERICÓRDIAS, SALVAR A TUA POBRE E PERDIDA ALMA, AGORA!



Ore assim, não como uma reza, com coração sincero e arrependido, a Deus: Senhor Deus, eu sou um pecador perdido e por isso não posso fazer nada para pagar os meus pecados. Foi por isto que o teu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz: Para pagar todos os meus pecados com o sangue que derramou. Mesmo sem ter visto, pela fé, creio que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos; está vivo no céu. Agora, eu abro o meu coração e te peço: Entre, agora, Senhor Jesus, no meu coração, perdoa todos os meus pecados, como perdoaste o ladrão que morreu na cruz ao teu lado; purifica-me com o teu sangue; livre-me da condenação eterna do fogo do inferno e dê-me, agora mesmo, o teu Espírito Santo para morar no meu coração para eu ter a certeza, agora, de morar no teu céu. Eu te recebo, agora, Senhor Jesus Cristo, como meu Único e TODO-SUFICIENTE Salvador e Senhor. Ó Deus! Eu te imploro, em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém! 

Seguidores